Engenheiros criam laboratório para testar prédios e casas

Teste de funcionalidade

Prédios de apartamentos ou escritórios, assim como casas residenciais, são caros e feitos para durar. Isso torna muito difícil fazer experimentos com eles, de forma a desenvolver novas técnicas de construção e novas formas de usabilidade. Engenheiros do instituto EMPA, na Suíça, acreditam ter encontrado a solução.

Em seu projeto NEST (ninho), Peter Richner e seus colegas montaram uma bancada de testes para prédios onde apenas a estrutura de suporte é permanente.

 

laboratório para testar casas e apartamentos

Conceitos visionários

Segundo os engenheiros, a indústria da construção civil é um setor muito conservador, sendo muito resistente a conceitos mais visionários, por temor de perda da funcionalidade a que os compradores de imóveis estão acostumados.

Com a nova plataforma de experimentação, os arquitetos poderão ir muito além dos ambientes decorados para demonstração. O objetivo é montar espaços completos, que serão ocupados por voluntários, cientistas e corretores para avaliar a funcionalidade desses espaços no dia-a-dia.

Todos os cômodos da casa ou ambiente a ser testado, incluindo estruturas intra-paredes e até as fachadas, são intercambiáveis. Com isto, podem ser montados módulos individuais para efetuar experimentos com diferentes conceitos espaciais, de casas residenciais a salas comerciais, de ambientes de circulação pública a quartos de hotéis ou hospitais.

interior de casa

Casas de encaixar

A base da ideia é uma armação de concreto reforçado com aço, com cinco andares abertos, onde serão inseridos os módulos a serem testados. Mesmo um sobrado inteiro pode ser simulado no “ninho”, assim como ambientes empresariais de múltiplos pisos.

A base de sustentação possui toda a infraestrutura necessária para todos os módulos, incluindo escadas, água, esgoto, energia, conexões à internet etc.

Os módulos deverão ser construídos com conectores padronizados para cada um desses serviços, o que permitirá que eles sejam simplesmente encaixados no berço de testes, podendo começar a ser testados no mesmo dia.

fonte: INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Postagens relacionadas
Leave a reply