ARQUITETURA COM BAMBU

Materiais provenientes de fontes renováveis são praticamente obrigatórios em projetos contemporâneos.

O bambu é um recurso extremamente disponível para as áreas de Construção Civil e Design e se renova com imensa velocidade.
Há países em que o material é amplamente utilizado, como acontece na Colômbia, onde há grandes extensões de plantio de determinados tipos de bambu.

 

 Desses, o Guadua é um tipo que se aplica a construções em geral e já temos algumas fazendas no Brasil produzindo esta espécie.

Diferentemente do bambu que costumamos encontrar por aí, que cresce em touceiras, há os tipos que crescem ‘separados’, como uma “floresta de palitos” (ver primeira foto, abaixo) e que apresentam um lenho mais resistente e diâmetros que chegam na casa dos 20 a 25 centímetros. Determinados tipos chegam a apresentar um crescimento da ordem de (pasmem) 1 metro por dia.

 

Com o tratamento adequado para evitar proliferação de fungos e outras patologias, o material é extremamente resistente e durável, além de muito bonito.

O bambu está se tornando um item doméstico comum para muitas pessoas. Ao contrário das árvores rígidas, ele se renova facilmente e, portanto, é um recurso mais sustentável do que muitos tipos de madeira. A planta é usada em tudo, desde tapumes a pisos e uma gama de aplicativos entre os dois.

A seguir estão três exemplos de arquitetura de bambu que foram provados para suportar os elementos, mais do que qualquer outro tipo de construção:

– Móveis de bambu são outros exemplo de arquitetura. Enquanto o mobiliário em geral não é considerado parte da arquitetura por si só, é muito criativo e original quando ele é criado com bambu. Muitos arquitetos utilizam o bambu para fazer cadeiras, mesas e outros móveis, tirando proveito de sua robustez e a disponibilidade na natureza.

 

– Pontes de bambu, que são inerentemente fortes e duráveis, são outro exemplo. Essas pontes podem ser encontradas em todo o mundo, inclusive no museu do Bob Marley, na Jamaica. Elas são fortes, resistentes e projetadas para suportar o tempo e as intempéries. O fato de que o bambu pode ser bastante acessível, o torna um importante material de construção, em comparação com os materiais de aço ou outros materiais de pontes que são mais comumente usados​​.


Estes são apenas três exemplos de como o bambu pode ser utilizado na arquitetura. Existem muitas outras aplicações deste material, inclusive em construções comerciais, telhados de casas e até mesmo em andaimes temporários para um projeto de construção. O bambu oferece muitos benefícios diferentes, mas é usado principalmente porque é de baixo custo, flexível, durável e muito mais sustentável do que outros materiais. Qualquer pessoa pode fazer uso do bambu, incluindo elementos básicos como a instalação de cortinas ou telhados, em uma casa.
Como esse material continua a se tornar cada vez mais popular ao longo do tempo, espera-se que em breve mais pessoas o utilizem para criar estruturas ou produtos de acordo com suas próprias razões pessoais.

Os arquitetos estão sempre procurando a próxima grande construção. Enquanto o bambu tem sido utilizado nos países asiáticos há anos, o mundo ocidental está apenas começando a apreciar esse material.

 


Postagens relacionadas
Comment ( 1 )
  1. Brendo Nunes
    22 de Dezembro de 2012 at 18:36
    Reply

    Caraca, que massa, muito bacana a quarta foto que foi tirada na china,

Leave a reply